segunda-feira, 22 de maio de 2017

JACK KIRBY - O REI DO QUARTO MUNDO (por Gian Danton)

















Em 1970, Jack Kirby foi contratado como estrela pela National (hoje DC Comics) com liberdade total para criar. Na década de 1960 ele, juntamente com Stan Lee haviam transformado a Marvel (principal rival da DC) na editora mais revolucionária dos quadrinhos americanos num movimento que a fez dominar o mercado de super-heróis, domínio esse que dura ate hoje.


Kirby estreou num titulo autoral chamado Novos Deuses. Ele ficara famoso na Marvel ao desenhar principalmente o Thor, então o título era um recado: os velhos deuses da Marvel estavam mortos. Agora a supremacia seria dos novos. O texto de abertura do gibi era quase uma declaração nesse sentido: “Chegou o tempo em que os velhos deuses morreram! O corajoso pereceu com o ardiloso! O nobre definhou, aprisionado na batalha devido ao mal desencadeado! Foi o último dia para eles! Uma era antiga terminara com um feroz holocausto!”.

O texto demonstrava muito da mágoa de Kirby com a Marvel. Ele sentia que sua importância na reformulação da editora havia sido diminuída pelo excesso de exposição de Stan Lee, que sempre foi ótimo em marketing pessoal e era constantemente entrevistado pelos jornalistas que queriam falar dos novos quadrinhos Marvel, que haviam conquistado a nova geração, inclusive de intelectuais.



Na DC, Kirby, criativo com sempre (o roteirista Alan Moore diz que conseguia criar um mundo antes do café da manhã), queria criar toda uma saga que passaria pelas revistas Novos Deuses, Forever People e Senhor Milagre.. A ideia era posteriormente reunir essas narrativas, que ficaram conhecidas como Quarto Mundo, numa série de livros em capa-dura.


A saga contava a história de Nova Gênesis, um lar de deuses, em sua luta contra Apokolips, dominada pelo terrível Darkseid. Ambos os planetas ficam na dimensão conhecida como o Quarto Mundo, a maneira mais segura de se chegar a essa dimensão é através de Tubos de Explosão.
Kirby criou todo um universo, e, a despeito do pouco sucesso e do cancelamento dos títulos de forma precoce, Os Novos Deuses foram incorporados à cronologia do universo DC e têm participação importante em varias sagas cósmicas da editora.

Jack Kirby criou vários outros personagens, como Etrigan, o demônio, Kamandi e Omac (nota do editor: Foram 401 personagens ao todo — para diversas editoras). Também fez o Super-homem, mas como seu traço diferia muito do estilo dos outros desenhistas do homem de aço, o rosto do personagem era feito pelos outros artistas (nota do editor: Wayne Boring, Al Plastino e Murph Anderson). Essa foi a gota d´água no já estremecido relacionamento do “Rei” com a DC comics .

Pouco tempo depois, Kirby acabou voltando para a Marvel, onde criou os Eternos (Fruto das suas leituras de Eram os deuses Astronautas de Eric Von Daniken). Embora seu trabalho na DC fosse totalmente inovador e de ótima qualidade, faltava humanidade para os personagens. Nas histórias de deuses e criaturas super-poderosas faltava justamente aquilo que Stan Lee colocava nas histórias: o lado humano.

Mesmo não tendo feito grande sucesso de público, o Quarto Mundo redefiniu o universo DC. Para começar, a editora finalmente ganhou um vilão sério, alguém que se poderia temer. Antes dele, o melhor que a DC havia chegado em termos de vilões eram o palhaço Coringa e o cientista louco Lex Luthor.

A criação de Kirby ecoa até hoje nos quadrinhos da DC Comics. A editora foi marcada definitivamente pelas mãos do rei dos quadrinhos.
(Colaborou: Jefferson Nunes)










Mais:
History of New Gods
O 4º Mundo de Jack Kirby - Planeta Marvel/DC
Fourth World (wikipedia)
Jack Kirby Fourth World
365 das of Forth World on Kirby Museum
Jack Kirby's Coolest
The Kirby Efect







http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2017/05/jack-kirby-100-anos.html
 http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2016/01/beto-foguete-e-os-patrulheiros-do.html
 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Fernando Lima & JJ Marreiro em palestra inédita no Mercado dos Quadrinhos











A dupla Fernando Lima & JJ Marreiro, cartunistas, ilustradores, roteiristas, editores da revista Herói Z, do Laboratório Espacial e apresentadores do videocast Fora de Órbita são conhecidos no Ceará por suas palestras bem humoradas dentro de temas como Quadrinhos, ficção científica, seriados e afins. Quem já viu palestra da dupla em eventos nerds já sabe que é diversão garantida e informação a tirar com rodo.

Desta vez a dupla foi convidada pela Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza para explorar a Lei do Direito Autoral e sua relação com os quadrinhos além de curiosidades, dicas, causos (ou cases) numa palestra que ocorrerá no evento Mercado dos Quadrinhos.



O Mercado dos Quadrinhos ocorre num dos mais importantes pontos culturais e históricos da cidade, o Mercado dos Pinhões. Reunindo ilustradores, quadrinistas, faneditores, músicos, escritores, boêmios e um público pra lá de antenado o evento valoriza a produção, o aprendizado, o intercâmbio de ideias e informações e produtos ligados ao mundo dos quadrinhos.

Serviço:
Mercado dos Quadrinhos
Início 17h
Palestra de Fernando Lima e JJ Marreiro 19h
Lucal: Mercado dos Pinhões, Pça Visconde de Pelotas, 41, Centro
Entre as Ruas Ten Benévolo, Pereira Filgueiras, Nogueira Acioli e Gonçalves Lêdo

















































http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2014/08/beto-foguete-e-os-patrulheiros-do.html

Veja um artigo do JJ Marreiro sobre o tema Direito Autoral clicando no banner abaixo:
http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2012/02/direito-autoral-um-direito-seu.html

segunda-feira, 15 de maio de 2017

NERD PRIDE: Uma balada regada a cultura pop!














Eventos voltados para quadrinhos, games, animês, filmes e séries tem se tornado cada vez mais populares. Em Fortaleza-CE esse segmento tem sido um alívio num cenário onde o entretenimento tem sido dominado por forró, pagode e micaretas —não que o público nerd evite frequentar forrós e afins, entretanto é sabido que faz-se necessária a diversidade e a multiplicidade de opções. O Nerd Pride surge como uma opção de unir a noite da balada com a cultura nerd/geek.















Organizado pela experiente equipe da S1 produções, o Nerd Pride trará entre as atrações: Um Concurso de Cosplay Interativo com votação online do público, DJ Thales Aurélio, DJ Victor Wesley, Banda Fabuloso Maurício e os Herbívoros Letrados. Os presentes vão concorrer a sorteio de brindes especiais num cenário que, como promete a produção, será coisa de outro mundo. Então, se vc está em Fortaleza-CE e quer uma alternativa memorável para o sábado 27 de maio, esta é a pedida.




















Serviço
Data: 27 de maio
Local: Orbita bar, R. Dragão do Mar, 207.
Horário: 21:00
Entradas: 
R$ 40,00 inteira
R$ 20,00 meia
R$ 30,00 PROMOCIONAL para quem confirmar no evento
Contato:
Mauricio Aragão, (85) 988396234 mauricioaragao@s1producoes.com.br

MAIS:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_do_Orgulho_Nerd

http://www.saraivaconteudo.com.br/Materias/Post/10581
http://todateen.com.br/todatech/orgulho-nerd-dia-toalha/

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2014/08/beto-foguete-e-os-patrulheiros-do.html

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2015/11/guerra-nas-estrelas-o-resumo-da-opera.htmlhttp://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2017/05/jack-kirby-100-anos.html


DEUSES, MITOS E UFOS (por Jack Kirby)


A matéria a seguir foi publicada originalmente na revista "novo Capitão América" Nº20 (1976) Editora Bloch Infanto Juvenil.





Naturalmente alguns de nós, nesses dias de tecnologia avançada, parecemos pensar que já resumimos tudo. Mas as vendas de livros e artigos que especulam sobre o desconhecimento do nosso universo aumentam diariamente. Nós ainda estamos empolgados com a fantástica possibilidade de fazer uma conexão entre os elementos do passado e os do presente, que eu acho que teriam uma importante relação com o nosso futuro.


O que estamos procurando nesse desconhecido? O que eles representam que frustra todas as interpretações? Parece que — em algum lugar de nossa constituição coletiva — há uma dimensão perdida que busca definição, uma necessidade de orientação onipresente dos seres de poder ilimitado, um desejo ardente de contato pessoal com os céus, uma curiosidade voraz de procurar as estrelas para ... o quê?

"Esta", como dizia Shakespeare, "é a questão". Que instinto é este que nos traz os mistérios insolúveis ainda encerrados na Terra Mãe para fazer um fetiche do invisível que repousa além de nossos céus? Será que temos alguma espécie de paralisia coletiva que nos desarma toda vez que há fenômenos celestes envolvidos?

Não é estranho que nossos deuses e deusas mitológicos vivam "acima daqui" — em oposição aos terríveis espíritos e demônios que residem no calor, centro ardente das regiões abaixo daqui? Será que alguma parte de nós tem suas raízes no espaço profundo? Somos nós descendentes de outras espécies estranhas a nosso planeta? Eis novamente a eterna questão!
Porque há esta monstruosa obsessão com o céu?

Apesar dos numerosos discos voadores e das intrigantes especulações em relação aos artefatos deixados pelas civilizações mortas, a opinião deste escritor é que as verdadeiras revelações que vão descobrir as nossas origens são ainda um problemas para um futuro distante. Nossa capacidade de alcançar a verdade é infelizmente bastante limitada em nossa época.

A esperança repousa com a evolução dos instrumentos forjados pela tecnologia diversificada de hoje. Quando eles já tiverem alcançado o estágio adequado, vão guiar nossas mãos para a verdade.

Evidentemente, esse vai ser um tempo importante para nossos descendentes. O que esta simples verdade pode prometer para a humanidade será sua questão. Nós seremos fantasmas do passado, talvez contribuindo para a complexa e misteriosa sociedade que o homem deixa atrás de si sem sua passagem através dos anos.

Como seria irônico testemunhar os tristes rituais de um culto ao Homem-Aranha em 2540 a.D. — ou estar presente na força olímpica mantida em honra de Hulk. Novos mitos criados no século XX, e disseminados pela imprensa por todo o mundo, podem muito bem alargar o enigma gigante que é a humanidade e fazer coisas muito mais difíceis de decifrar.

Mas nós não precisamos nos preocupar com isto. Nós teremos bastante tempo com o tiquinho de verdade já em nosso poder, e espaço para fantasiar o resto.

Vamos desenterrar os potes da antiguidade e as estátuas lascadas e meditar sobre os símbolos místicos que nos dão uma responsabilidade.

Eu penso que um outro meio mais racional de adivinhar a verdade possa ser encontrado no puro entretenimento — como ler Os Eternos. Alguma coisa está lá, perfeitamente! Algo possivelmente fora de alvo. Mas uma coisa é certa, você não se aborrecerá! De fato, você se absorverá na diversão que mantém o interesse em algumas das reais grandiosidades dos livros de história.

Jack Kirby
Criador do Capitão América
(e mais 400 outros personagens)


MAIS:
Top 10 Thoughts About Jack Kirby
The Marvel Memories of Jack Kirby's Son 
What we've have been reading: The Eternals
Lee and Kirby as Writers 
Os Deuses e Heróis de Jack Kirby

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2017/05/jack-kirby-100-anos.html

segunda-feira, 8 de maio de 2017

DROPS Ricardo Quartim 22: Solomon Kane






















O Jornalista especializado em Quadrinhos e Cultura Pop Ricardo Quartim, colaborador da Revista Mundo dos Super-Heróis e do Laboratório Espacial lançou mais um especialíssimo episódio do DROPS Ricardo Quartim, desta vez focando em Solomon Kane, personagem criado por Robert E. Howard também criador de Conan, o Bárbaro.

Neste episódio Ricardo Quartim apresenta o personagem e suas versões cinematográficas comparando com as origens literárias e com os quadrinhos.


Veja o episódio e não esqueça de curtir o vídeo, assinar o canal e compartilhar com os amigos.

https://www.youtube.com/c/DROPSRicardoQuartim

O Quadrinhista e Ilustrador Diêgo Silveira no APOIA.se










Diêgo Silveira atua como cartunista, ilustrador, roteirista, quadrinhista e professor de desenho e quadrinhos desde final dos anos de 1990. Foi editor da revista independente Prancheta e criador dos personagens Vigilante Vingador e Guerreiros Jegai, ambos veiculados em edições independentes. Jornalista formado pela Universidade Federal do Ceará, Diêgo prestou serviços a algumas editoras e instituições (como a Fundação Edson Queiroz), sempre fazendo uso de suas habilidades narrativas textuais ou gráficas.

Como maneira de retomar o vigor de sua arte, Diêgo Silveira criou um projeto no APOIA.se, uma plataforma de mecenato online que angaria patrocínios autônomos e repassa aos artistas (mediante uma taxa administrativa). O patrocinador, assinante ou apoiador se propõe a colaborar com contribuições mensais a partir de um real e o arrecadamento vai auxiliar novos voos e novas possibilidades ao artista, além disso há recompensas especiais a partir de determinadas cotas de apoio.

Diferente do já famoso Catarse, onde a colaboração é uma taxa única e envolve a confecção de um produto específico, o APOIA.se visa colaborar com o processo de trabalho do artista. Trata-se de um apoio continuado e o apoiador encerra quando achar melhor. Diários de produção, making ofs, vídeos, tiras, quadrinhos online, sorteios de artes originais ou de artes por encomenda (comissions) e diversas recompensas ficam disponíveis com exclusividade para os apoiadores.

https://apoia.se/diegosilveira
Qualquer pessoa que tenha tido um mínimo contato com a produção artística no Brasil já deve ter percebido as dificuldades de se conseguir patrocínios e viabilizações financeiras para projetos artísticos, ou seja , o artista no Brasil não precisa ter apenas Dom, Talento, Prática, Expertise em seu "fazer artístico" é cobrado dele que tenha conhecimento de legislação, processos burocráticos de financiamentos públicos, conhecimento de normas, procedimentos e datas de abertura e preenchimento de editais, contabilidade, administração de empresas, marketing, vendas etc. Mas cada uma dessas habilidades extras requer tempo, tempo este que afasta o artista de sua finalidade principal: produzir sua arte. Saem na vantagem os artistas que possuem agências de talentos ou gerentes que se encarregam de fazer o fluxo de caixa enquanto o artista se ocupa em se aprimorar e dar o melhor de si em seu ofício. É assim na música, teatro etc. Daí alternativas como o APOIA.se serem tão importantes para a continuidade do trabalho do artista.

Ao apoiar o Diêgo Silveira com apenas R$ 1,00 você terá acesso à página de apoiadores. Isso inclui visualização de artes exclusivas, vídeos sobre o processo produtivo e acesso a videoaulas um mês antes de serem veiculadas em outras plataformas;



Apoiando o Diêgo Silveira com R$ 5,00 (ou mais) você acessa as recompensas anteriores mais toda a produção de Quadrinhos de Aventura do autor.

O apoio também se propõe a auxiliar o artista a cumprir metas pessoais onde os apoiadores também ganham vendo a produção do artista aumentar e consequentemente as recompensas. Por motivos circunstanciais o cartunista Diêgo Silveira dedica atualmente 3 horas diárias a sua produção artística. Caso a primeira meta R$ 300,00 seja atendida, essa carga horária será duplicada.

Um álbum de quadrinhos, um CD, uma peça de teatro são produtos finais e iniciativas pontuais, entretanto a jornada que conduz à produção contínua de arte, o processo criativo, faz parte da vida do artista. Comprar um CD não garante que o artista siga na produção de sua arte, entretanto apoiá-lo em bases regulares mantém sua conexão com seu fazer artístico e mantém sua produção fluindo. Daí o mecenato ter tanta importância. O Apoia.se é uma plataforma que visa exatamente isso: manter os artistas fazendo sua arte.

Cinquenta reais mensais pode parecer uma quantia grande ou pequena dependendo de suas condições financeiras. Quarenta reais também podem parecer muito dinheiro, ou Trinta. Mas com R$ 5,00 você já tem acesso a todas as premiações propostas nesse início de campanha do Diêgo Silveira. Caso não tenha os R$ 5,00 saiba que uma apoio de R$ 2,00 já garante parte das recompensas pra você, além de garantir o aprimoramento do trabalho do artista. E mesmo que R$ 2,00 mensais pareça uma quantia exorbitante para você, saiba que com apenas R$ 1,00 você já faz uma grande diferença para o artista.
Clique e Apoie o Diêgo Silveira. Sem a arte o homem se desumaniza e a vida burocratiza.



https://apoia.se/diegosilveira
MAIS:
Diêgo Silveira no APOIA.se
Portfólio de Ilustrações (Diêgo Silveira)
Canal do Diêgo Silveira no Youtube 
Quadrinista ou Quadrinhista?
APOIA.se

domingo, 7 de maio de 2017

Jack Kirby 100 anos










A Arte Sequencial e em particular os gêneros romance, monstros,  guerra, gangues juvenis, super-heróis e ficção científica foram fortemente influenciados pelo trabalho e pelo talento de Jack Kirby. Seu trabalho modificou a indústria dos quadrinhos, o modo como os personagens são desenhados e o modo como as páginas transmitem impacto, velocidade, emoção e a própria quintessência dos quadrinhos.

Em 28 de agosto, o Rei dos Quadrinhos, completaria 100 anos, em homenagem a este centenário a indústria dos quadrinhos e os fãs ao redor do mundo programaram iniciativas de comemoração para esta data. No Brasil numa iniciativa notável do Guia dos Quadrinhos saiu o livro "Os Mundos de Jack Kirby", onde os Editores Edson Diogo e Will Sideralman reuniram 100 cartunistas, ilustradores e desenhistas brasileiros para celebrar os personagens e universos criados por Kirby. Além disso, palestras, eventos e exposições estão programadas para marcar esta importante data.

Nesse contexto o Laboratório Espacial programou uma série de matérias especiais sobre o Rei, sua vida e sua obra. As matérias virão com um selo especial de identificação e visam prestar um devido tributo a este gigantesco talento cujo trabalho ecoa nos quadrinhos, no cinema e na arte como um todo.



À título de organização, quando novas matérias deste tema forem acrescentadas elas ficarão listadas abaixo. Isso facilitará uma busca e pesquisa dentro do próprio blog. Em cada matéria você encontrará links externos para mais coisas à respeito de Jack Kirby e sua vasta obra.

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2014/09/kyrbians-pulsacao-do-rei-ecoando-pela.html







laboratorioespacial.blogspot.com.br/2017/05/deuses-mitos-e-ufos-por-jack-kirby.html


http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2017/05/jack-kirby-o-rei-do-quarto-mundo-por.html