sábado, 2 de janeiro de 2016

Beto Foguete e os Patrulheiros do Espaço - Episódio: Monstros da Terra, Deuses das Estrelas!














Beto Foguete retornará em novas aventuras aqui no Laboratório Espacial. Obrigado pela visita. Outra aventura do Patrulheiro Benfeitor do Espaço você pode ler neste link ou na figura ali embaixo.
Você pode ainda se interessar por:
O Astronauta de Maurício de Sousa por Gian Danton & JJ Marreiro
Homens do Espaço...Heróis do Espaço

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2014/08/beto-foguete-e-os-patrulheiros-do.html




18 comentários:

  1. Muito bom, rapaz! História, desenho, cores, tudo perfeito! Alex Raymond ficaria orgulhoso! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu a Força, Schloesser. Espero trazer mais coisas desse tipo pro blog :)

      Excluir
  2. Show de bola! Mais pulp, impossível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadão, Rochett. Os pulps estão entre as bússolas que guiam meu trabalho :)

      Excluir
  3. Essa HQ merece ser impressa!!!! Parabéns JJ Marreiro!

    Daniel Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Daniel Alves. Embora o caminho até a revista impressa ainda seja longo e árduo outras aventuras do Beto Foguete vão dar as caras aqui no Laboratório Espacial para que as pessoas fiquem conhecendo melhor o personagem e o contexto de suas aventuras :) Quem sabe com mais leitores e fãs a versão impressa não se materialize antes do esperado?! Faleu a Força!

      Excluir
  4. Muito divertido! Me fez lembrar de Alex Toth e seus heróis da Hanna-Barbera. Um enredo ligeiro, dinâmico, com clima retrô e arte totalmente integrada ao tema.

    Parabéns, JJ. Aguardo mais trabalhos!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc nem imagina minha alegria ao receber estas palavras tão preciosas, Nagado! Mais coisa deve vir ainda nesta sintonia :) Obrigadão pela visita, pelas palavras e pela Força de sempre! Abração!

      Excluir
  5. Cara, sempre fui macaca de auditório do JJ.Marreiro, de suas hqs e de seu traço. É esse o tipo exato de quadrinhos que eu compraria com o maior gosto, todos os meses, se os encontrasse em bancas de revistas e livrarias, pena que isso, AINDA não aconteça, mas torço pra que pelo menos possamos ver mais e mais aventuras como essa do BETO FOGUETE. Parabéns João, queremos mais!!!

    ResponderExcluir
  6. Valeu, Anônimo! Continue vindo por aqui que logo mais HQs e outras coisas legais estarão disponíveis :)

    ResponderExcluir
  7. Muito bom amigo. Mostrando que ainda se faz quadrinhos nacionais de boa qualidade. Sucesso!!

    ResponderExcluir
  8. Mestre JJ me emociono de ver seu trabalho, seu amor aos quadrinhos se manifestar dessa forma. Quero lhe dar os merecidos parabéns. Foi uma honra ter recebido grandes dicas, não só de desenhos, mas de valores relacionados ao amor pela arte e valorização das próprias criações. Muito obrigado por honrar essa transcendente manifestação do ser. Que Deus o abençoe e lhe proporcione uma carreira de sucesso, moderada por Ele, é claro. Pois Ele sabe o que é ideal para cada um de nós. Abraços e saudades!

    ResponderExcluir
  9. Antonio, obrigado pelas bela mensagem e sobretudo pela amizade e consideração! Que seu caminho tambem esteja pleno de luz e energia positiva! Abração Forte!

    ResponderExcluir
  10. Oi JJ. Como tem passado? Cara, adorei o personagem Beto Foguete! Gostei muito do estilo retrô, a arte simples e as cores granuladas, lembrando as antigas impressões dos gibis da minha época. Pude notar o interesse de alguns pela versão impressa do citado personagem, o que seria uma boa. Devemos louvar, na nossa era, esse fabuloso fenômeno que chamaríamos arte gráfica digital, que possibilita e facilita essas interessantes publicações da nona arte aqui na web.

    Sou o José Antônio. Fomos amigos na época em que trabalhei na videolocadora Art & Manha Vídeo, vinte anos atrás. Eu, vc, Marcelo Rossi e os Eduardos, formávamos um grupo interessado por gibis. Resido agora em Brasília. Rapaz, como estou feliz com teu sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, José Antonio! Você é um desses amigos inesquecíveis! Sempre lembro de você, meu chapa! Obrigadão pelas palavras gentis e acredito que se a popularidade do Beto Foguete e esse estilo retrô continuarem interessando as pessoas , uma versão impressa pode se tornar bastante viável. Obrigadão novamente! Forte abraço!

      Excluir