sexta-feira, 16 de junho de 2017

Al Rio's STAR WARS ! — A Guerra nas Estrelas de Al Rio





Do mesmo modo que os selos 'Túnel do Tempo' e 'O que aconteceria se' convidam os leitores a novas visões e novas interpretações dos universos DC e Marvel, a linha INFINITIES —no Brasil: Infinitos —transporta o leitor a universos paralelos dentro da mitologia de Star Wars.

Al Rio, foi um desenhista brasileiro conhecido pelo traço exuberante de suas figuras femininas; integrou a primeira leva de artistas brasileiros a produzir quadrinhos para o mercado norte-americano. Chegou a desenhar Homem-Aranha, Hulk, Capitão América, Vingadores, Homem-Aranha, Wild CATS e notabilizou-se com seu trabalho em GEN 13 (Editora Image). Entre os vários trabalhos importantes de Al Rio encontramos Star Wars: Infinities — New Hope (edição 03, 04) publicado pela Lucas Books/Dark Horse em 2001. O traço de ArlRio é considerado por alguns fãs um dos mais charmosos e versáteis de sua época, infelizmente a publicação no Brasil da revista Star Wars Infinitos cometeu uma gafe terrível ao creditar erroneamente o artista.

Deslizes em revisão e créditos tem se tornado cada vez mais comuns em edições de revistas profissionais, desqualificando suas republicadoras e trazendo dor de cabeça a seus editores. Falhas assim são perdoáveis em publicações independentes onde não há profissionais remunerados para a função de revisão ou copydesk. E mesmo que o erro tenha vindo da Edição Norte-Americana é inadmissível que profissionais da área não tenham notado a mancada antes de imprimir milhares de exemplares — com isso infringindo o preceito básico de que um artista  merece que seja assegurado o reconhecimento da autoria de seu trabalho. A Lei brasileira do Direito Autoral faz referência direta a isto no seu capítulo dois, artigo vinte e quatro, inciso dois: (Lei 9610/98, Cap II, Art. 24, II).


















Para além do grave erro da republicadora brasileira, a revista é divertida e a arte envolvente — pelo menos no que tange aos capítulos com arte de Al Rio. A trama reinventa o filme clássico de George Lucas reposicionando personagens, alterando fatos sem estragar o charme da história original. Os leitores de quadrinhos já estão acostumados a ver o cinema reinterpretar quadrinhos clássicos, mas uma coisa curiosa nesta edição é ver os quadrinhos reinventando a história contada nas telonas. A edição é um item obrigatório para fãs de Star Wars e também para os fãs de Al Rio caso consigam relevar a gafe de ver seu artista favorito creditado erroneamente.
















Álvaro Araújo Lourenço do Rio , Al Rio (1962/2012) foi ilustrador (editorial e publicitário), quadrinhista, artista plástico, animador, músico, professor de desenho e empresário. Após trabalhar com animação, ilustração e passar a integrar o primeiro time de artistas brasileiros agenciados para o mercado norte-americano produzindo quadrinhos, Al Rio montou em Fortaleza-CE uma escola de desenho e colaborou na formação e no refinamento de vários e talentosos artistas. Álvaro, como era conhecido pelos mais próximos, sempre estimulou a evolução artística de seus amigos e alunos dando dicas, conselhos, indicando trabalhos, muitas vezes contratando como assistentes de arte aqueles amigos em momentos de necessidade. Sua dedicação e força de vontade serviram (e servirão) de exemplo para muitos. Embora tenha se notabilizado com o trabalho de quadrinhos de heróis, a versatilidade de Al Rio era uma característica visível em suas ilustrações, seus quadros ou esculturas. Tendo sido um grande artista, e um grande ser humano, nunca perdeu a humildade. Sempre que alguém se mostrava impressionado pelo nível de refinamento na elaboração de seus trabalhos, ele tratava de explicar: "Eu não tenho dom: eu ralo!"

Os créditos corretos das edições originais seguidos de informações adicionais a respeito da versão original de "ST Infinitos — Uma Nova Esperança" podem ser conferidos nos links abaixo:
SW Infinity New Hope 1
SW Infinity New Hope 2
SW Infinity New Hope 3
SW Infinity New Hope 4

MAIS STAR WARS no Laboratório Espacial:

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2015/11/guerra-nas-estrelas-o-resumo-da-opera.html

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2015/11/a-guerra-de-cada-um.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário